segunda-feira, 17 de julho de 2017

Santuário de Nossa Senhora dos Remédios - Lamego

@Arian Zwegers








Edificada no cimo do Monte de Santo Estevão, o Santuário de Nossa dos Remédios é, a par do Bom Jesus de Braga, uma das igrejas barrocas de peregrinação mais significativas do país.
Ainda em tempos medievais existia, no mesmo local, uma pequena ermida dedicada a Santo Estêvão, mandada reedificar no século XVI, pelo Bispo de Lamego, D. Manuel de Noronha (MARRANA, 2001). Este havia trazido de Roma uma imagem de Nossa Senhora dos Remédios, cujo culto se incrementou a partir do século XVIII, motivando a edificação de uma nova igreja, que pudesse responder, de forma mais eficaz, às necessidades crescentes dos fiéis que procuravam a protecção daquela santa. Para a construção do novo Santuário podem-se estabelecer três grandes períodos: de 1750 a 1778 para a edificação do templo; de 1778 a 1868 para a escadaria; e de 1868 a 1905 para a reconstituição da sacristia velha e nova (da autoria do Mestre Domingos Barreira), para a construção das torres laterais e para o alteamento do frontão (PINTO, 2001). Assim, a primeira pedra da igreja foi lançada em 1750, estando as obras concluídas cerca de onze anos depois.


A escadaria de acesso ao santuário, com 686 degraus, tem vários patamares onde se encontram os reis de Israel, e na base da escadaria, quatro figuras representam as quatro estações do ano.



Sem comentários:

Publicar um comentário