quinta-feira, 10 de agosto de 2017

DESCUBRA O CASAL DE SÃO SIMÃO



 Um “Casal” com uma só rua. Com uma fonte que entoa a canção da água. Com uma capela que nos conta histórias e história. Com uma vereda que nos leva à praia, de águas cristalinas, mesmo ali no fundo das Fragas de São Simão. Aqui também há uma Loja e Restaurante das Aldeias do Xisto e uma Associação de moradores cujo nome se confunde com o que nos promete esta Aldeia: Refúgios de Pedra.







Nesta aldeia há um novo sentir coletivo feito de pessoas que recuperaram as casas com as suas próprias mãos. São novos aldeões que vieram da cidade e que trouxeram nova vida a estas paragens. Todos os fins-de-semana, e sempre que podem, juntam-se todos nas casa uns dos outros e entreajudam-se nas refeições, nas obras, no convívio. "Que venha quem vier por bem", parecem dizer-nos. E o apelo é irresistível...

Pequena aldeia, de praticamente uma só rua, essencialmente construída em quartzito. Situa-se num dos flancos da crista quartzítica que dá origem às Fragas de São Simão e possui o templo mais antigo do concelho de Figueiró dos Vinhos.

A aldeia estende-se ao longo de uma cumeada quase paralela ao curso da Ribeira de Alge. A entrada fica no extremo mais elevado e a povoação termina onde os declives tornaram difícil a continuidade dos arruamentos.









Merecem destaque:
  • Ponte de São Simão
    É referida como tendo uma base construtiva do período do domínio romano. O tráfego automóvel provocou alterações significativas no seu tabuleiro, que lhe alteraram a configuração primitiva.
  • Casa particular
    Uma casa, porventura uma das mais antigas da aldeia, tem gravada na face exterior da padieira a data de 1701.
  • Fontanário
    A água que provém de uma nascente situada na encosta do outro lado do vale. Está datado de 1939.
  • Ermida de São Simão
    Data do séc. XV e localiza-se à entrada da aldeia, quase no topo do Monte de S. Simão. É dedicada a São Simão, que está no altar-mor, e a S. Judas Tadeu. Recebeu como ampliação, em 1678, a sala para a recepção de esmolas. A ermida possui uma inscrição gótica (séc. XV) com o seguinte teor "Esta capela mandou fazer João Vicente, Prior de Aguda, criado do Conde D. Fernando e foi acabada na era de 1458". Na fachada sul pode apreciar-se um vão gótico, estilo que domina na parte mais antiga do templo. No portal, a padieira tem gravada a data 1698. O alpendre, do mesmo período, possui 3 vãos de acesso (um deles tapado). O vão do lado sul possui gravada na pedra de fecho do arco a data 1675.
  • Eira e Forno
    A eira e o forno, bem como os inúmeros pequenos socalcos que envolvem a aldeia, testemunham um passado de actividade agrícola e de práticas de auto-subsistência.






Localização: 
 
Casal de São Simão, Figueiró dos Vinhos 
Como chegar:
De Norte e Sul
Na A1, sair na saída 10 de Pombal, na direção de Castelo Branco pelo IC8. Passados 37km, sair em Aguda/Fato. Seguir a sinalização para o Casal de S.Simão, a 2 km.

De Espanha (A25)
Na A23, sair na saída 18 em direção a Pombal, pelo IC8. Ao fim de 71km, sair em Aguda/Fato. Seguir a sinalização para o Casal de S.Simão, a 2 km.






Fonte original todos os direitos reservados a: http://www.cm-figueirodosvinhos.pt

Sem comentários:

Publicar um comentário