sábado, 21 de outubro de 2017

Dornes foi considerada uma das mais bonitas vilas de Portugal e merece ser descoberta sem pressas...




Mítica terra de Templários, Dornes, na beira do rio Zêzere, está repleta de cantos, recantos e segredos por descobrir. É uma das mais belas vilas do país.

Situada a 10 km a nordeste de Ferreira do Zêzere, numa enseada da albufeira do Castelo do Bode, a vila de Dornes é uma das mais curiosas do centro de Portugal, quer pela sua invulgar localização, pelas vistas e pelo pitoresco do casario, como pelas lendas e tradições que lhe estão associadas.

A dominar as casas baixas e predominantemente brancas fica a torre medieval, que se pensa ter sido construída pelos cavaleiros templários para vigiar o profundo vale do Zêzere. A fundação de Dornes remonta ao século XII e está ligada ao aparecimento de uma imagem milagrosa de Nossa Senhora do Pranto.

A primeira igreja de Dornes foi mandada construir pela rainha Santa Isabel (filha do rei de Aragão e esposa do rei português D. Dinis) em finais do século XIII, substituída por uma de maiores dimensões no século XV. A romaria de Nossa Senhora do Pranto faz-se a 15 de Agosto e atrai grande multidão.

Terra muito antiga, Dornes será mesmo anterior à fundação da nacionalidade, como o atestam os monumentos e os vestígios arqueológicos que por aqui se têm encontrado.

Já na primeira dinastia alguns documentos que lhe fazem referência, sendo documentada a presença de um religioso de Dornes no Foral de Arega, em inícios do século XIII.

Ainda no século XIII há referências à Comenda Templária de Dornes. Mais tarde, no século XV, Dornes, enquanto Comenda Mor da Ordem de Cristo teve por Comendador D. Gonçalo de Sousa, homem muito influente, da Casa do Infante D. Henrique, e que aqui mandou construir, em 1453, a Igreja de Nossa Senhora do Pranto.

Este local de culto deu à povoação, parte da importância que esteve na origem, em 1513, da atribuição do Foral Manuelino.










Como chegar a Dornes:



A vila de Dornes, é uma freguesia que pertence ao Concelho de Ferreira do Zêzere no Distrito de Santarém.



De Lisboa:

· A1 sentido norte e sair para a A23;

· Já na A23, sair na saída para o IC3, sentido Coimbra;

· Sair na saída onde diz Ferreira do Zêzere;

· Seguir as sinaléticas até Dornes















Texto adaptado Daqui

29 comentários:

  1. Nunca tinha ouvido falar dessa cidade. Fiquei encantada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nao e uma cidade e uma Vila .A cidade e santarem o distrito

      Eliminar
  2. A primeira foto é da minha autoria, fico feliz de a ver replicada quando se fala de Dornes.
    Obrigado por ajudarem a divulgar este paraíso.
    João Costa

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. E um local magnífico de lindo val a pena visitar sempre que posso vou lá.
      E

      Eliminar
  4. Mais um artigo de carácter publicitário/turístico, onde se demonstra a pequenez nacional; fornece alguma indicação geográfica e histórica (está por documentar) e termina com a caricatura nacional habitual: " como chegar a Dornes - De Lisboa.../.../..." Isto é, não há ninguém de outro local do país que esteja interessado a visitar Dornes, a não ser... os lisboetas! O resto, como de costume, é paisagem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quer que eles dêem a referência de cada local do planeta? Lisboa é a capital por isso é sempre tomada como referência��. Usem o google Maps e já está resolvido o problema dos sensíveis

      Eliminar
  5. Nós, os espanhóis, também queremos ir. ; )

    ResponderEliminar
  6. Dornes, d'Ornes ou 'de Ornes' localidade francesa de onde vieram os primeiros colonizadores da povoação, enviados pelos templários

    ResponderEliminar
  7. Conheço indo por terra e pela barragem, muito linda mesmo!!!

    ResponderEliminar
  8. "O mais belo da Europa"? - O MAIS BELO DO MUNDO!!! Na perspectiva macbetheana de que o belo é horrível e horrível é belo. E abaixo os brandos costumes ou qualquer outra forma de mediocritas (ai o meu latim)...

    ResponderEliminar
  9. Qual Unknown, a frase de cima é minha: José Simões-Ferreira, nome internetiano, mas que não anda longe do verdadeiro.

    ResponderEliminar
  10. Tudo muito bom e bonito ,tirando o trajeto .
    Só os lisboetas lá vão ?!?!
    Que pena !!!

    ResponderEliminar
  11. Hoje em dia com o GPS, chega-se a todo o lado rapidamente.

    ResponderEliminar
  12. Há como chegar por transporte coletivo?
    Quando voltar a Portugal gostaria de conhecer

    ResponderEliminar
  13. Gostaria de visitar a Vila, mas como parece que só tem acesso a partir de Lisboa e eu vivo no Porto (não é Portugal), fico-me com a vontade. Obrigado pela preciosa informação.

    ResponderEliminar
  14. Com a tua linguagem das a sensação que és um frustrado com a vida, viva Portugal, viva lisboa

    ResponderEliminar
  15. Com a tua linguagem das a sensação que és um frustrado com a vida, viva Portugal, viva lisboa

    ResponderEliminar
  16. melhor comentário até então...
    parabéns Carlos
    Não conheço Portugal ainda, certamente ficarei deslumbrado com belas paisagens e com esse povo.

    ResponderEliminar
  17. Conheço esta pequena Vila. Não foi preciso a indicação especial para lá se chegar. Fica muito perto de Ferreira do Zêzere. Tem uma vista maravilhosa. Conheci a torre. Quero lá voltar com outro espírito, é conhecida peli lugar com mais Energia Espiritual.

    ResponderEliminar
  18. Pensei exactamente o mesmo....só os da Capital, é que têm vontade de conhecer??? e os do Norte, os Transmontanos, os da Beira...haja paciência.....Portugal, não se limita a Lisboa.....

    ResponderEliminar
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  20. É gente complicada... Se falam é pq falam só de,se não falam é pq não falam. A vida são dois dias, não desperdicem com nenharias...

    ResponderEliminar
  21. Ja fui a Dornes e é muito bonito. Para almoçar ou jantar é que nao encontrei nuitas alternativas. Acabei por ir a um restaurante qur tinha varanda para o rio mas em que o serviço foi um desilusão. Alguém tem sugestões de restaurantes lá?

    ResponderEliminar
  22. Local maravilhoso! Parece uma ilustração de um conto de fadas!


    ResponderEliminar
  23. Gostaria de passar pelo menos uma semana naquele paraíso.

    ResponderEliminar