terça-feira, 17 de abril de 2018

Quinta das Lavandas - Alentejo










Ir à Provence ou ao Alentejo, para ver as lavandas? Não hesite: ao Alentejo! E não ficará decepcionado!...


Se sempre sonhou dar um salto à Provence para visitar os célebres campos de lavanda e nunca o fez, por uma razão ou por outra, tem agora essa oportunidade em Portugal. Em Castelo de Vide, no Alto Alentejo, na Quinta das Lavandas™ existem belos campos de lavanda que, mais do que fazer lembrar a Provence e os seus famosos campos de lavanda, fazem sentir o ambiente aí existente. A plantação é constituida por 6 ha de lavanda (lavandula angustifolia) e lavandim (lavandula intermedia) cultivados, em modo de produção biológico, num lugar bucólico, entre afloramentos rochosos e velhos carvalhos, que não só proporcionam perfumados passeios entre as filas de lavandas, mas também asseguram, ao longo do dia, imagens únicas dos campos de lavanda e da sua bela tonalidade. Não será a Provence, mas garantimos que não saírá defraudado... Será uma visão nova do Alentejo, dos seus belos campos dourados, agora coloridos de uma suavidade púrpura que lhe dão um outro brilho.







Situada em Pleno Parque Natural da Serra de São Mamede, um dos parques mais humanizados de Portugal, a 4 Km do centro de Castelo de Vide, uma das mais bonitas vilas do país, encontramos a
Quinta das Lavandas, apelidada de Provença do Alentejo, devido à extensão da cultura de lavanda e lavandim grosso (uma espécie híbrida), a propriedade conta também com um "museu" ao ar livre, onde está exposta uma coleção com mais de 40 variedades.

São 200.000 m2 onde se pode descansar, usufruir de um dos sete quartos ou simplesmente passear pelos campos onde um perfume doce e floral, com uma nota balsâmica, percorre toda a propriedade, entrando nos edifícios sem pedir licença.






 






A LAVANDA: COR, PERFUME E SAÚDE


A Lavanda é o grande protagonista da Quinta das Lavandas. Na quinta estão plantados cerca de 6ha (60 000 m2) de lavanda (alfazema) em duas variedades: Lavandula angustifolia e Lavandim grosso bleu. A principal finalidade da produção das lavandas é a produção de óleos essenciais e a elaboração de produtos tradicionais resultantes dos derivados da lavanda.








O hóspede pode ainda aproveitar para explorar a área circundante, de bicicleta ou a cavalo. Visitar os locais pré-históricos da quinta, tomar banho na barragem da Póvoa e Meadas e fazer uma caminhada por entre os afloramentos rochosos são outras das propostas disponíveis.





 









Durante o mês de julho a floração das lavandas atinge o seu esplendor, sendo o período ideal para contemplar, fotografar ou simplesmente deixar-se inebriar pelo seu aroma.












 No alambique, construído de raiz para a destilação artesanal de lavanda, é utilizada uma técnica de arrasto de vapor milenar, originando óleos essenciais e águas florais, utilizados na linha de cosméticos com o selo da quinta.





 O óleo essencial 100% puro: aroma e perfumes intensos...






Para além de se poder visitar a quinta e passear nos campos floridos, os visitantes têm a oportunidade de assistir ao processo de destilação, fazer um workshop gratuito sobre cosmética natural à base de lavanda e aprender a fazer massagens com óleos essenciais produzidos na quinta. No aromático jardim, haverá ainda uma sessão de ioga com taças tibetanas.




 




Morada:

Quinta das Lavandas
Sítio de Vale Dornas
7320-423 Castelo de Vide




Fotos de Quinta da Lavandas

Sem comentários:

Enviar um comentário