segunda-feira, 2 de abril de 2018

Val de Poldros a aldeia que parece um cenário do filme "Senhor dos Anéis"




 
Vale de Poldros no concelho de Monção é conhecida como "a aldeia dos hobbits", tudo se deve às típicas casas de pedra em forma de cogumelo que tornaram Vale de Poldros famoso, ou não parecesse a paisagem ter sido criada de propósito para um dos filmes de “O Senhor dos Anéis”. Em Riba de Mouro, Monção, esta aldeia hoje só tem um habitante. Falamos de Fernando Gonçalves, dono e cozinheiro do restaurante com o mesmo nome da aldeia.




 Neste lugar, chama-se branda a um conjunto de cardenhas. Uma cardenha é um pequeno abrigo de pedra. À primeira vista, as cardenhas de Vale de Poldros parecem construções toscas, rudimentares. Mas, observadas de perto por quem sabe, são “verdadeiros monumentos de elevado valor etnográfico, cultural e científico.”
No deslumbrante topo da Serra da Peneda, há cardenhas que fazem lembrar rústicas catedrais em miniatura. A sua complexidade construtiva é um perturbante testemunho da capacidade inventiva, do engenho humano de há milhares de anos.






Situada a 1200 metros de altitude, tendo
apenas um habitante e com  uma vista imponente da serra da Peneda, a Branda de Santo António de Vale de Poldros é um conjunto arquitetónico de inestimável valor patrimonial, constituindo um ótimo exemplo de povoamento de transumância: povoados de montanha para onde os vigias (brandeiros) levavam o gado durante os meses de verão, descendo novamente às suas povoações de origem, as inverneiras, a partir de Setembro.


Nos tempos mais recentes, estas atividades agrícolas e pastoris foram perdendo importância e, com as novas gerações, praticamente abandonadas. Em paralelo, as construções em Santo António de Vale de Poldros foram sendo transformadas em segundas habitações, de lazer e de férias, muitas vezes deturpando a sua arquitetura original.


Apesar disso, o grande valor patrimonial deste núcleo de povoamento e de muitas das suas construções ainda permanece, justificando-se um esforço para a sua salvaguarda e valorização. Além da sua importância sob o ponto de vista cultural e social, estas zonas desempenham um papel relevante como motor de desenvolvimento económico e turístico.


















No seu restaurante, os tesouros gastronómicos do Alto Minho estão bem guardados.














Fontes:

http://valdepoldros.blogspot.pt
http://majosilveiro.blogspot.pt
http://mapio.net

Sem comentários:

Enviar um comentário