segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Os famosos “carros de cestos” constituem uma das atrações mais conhecidas da Madeira.








Encontrará na Madeira, mais precisamente na localidade do Monte, um tipo de transporte muito sui generis, o “carro de cesto”, que constitui uma experiência única a não perder.


Os famosos “carros de cestos” constituem uma das atrações mais conhecidas da Madeira. Estes carros são produzidos artesanalmente, com vimes e madeira, e dispõem de dois lugares sentados.

São conduzidos e controlados por dois carreiros, trajados de branco e com chapéu de palha na cabeça que, com perícia, utilizam as próprias botas, com grossas solas de borracha, como travões.

A viagem entre o Monte e o Funchal (até à localidade do Livramento), desenvolve-se num percurso de cerca de 2 Km e efetua-se em cerca de 10 minutos, proporcionando aos seus utilizadores momentos de pura emoção.







Os Carreiros do Monte surgiram no início do século XIX, época em que eram usados como meios de transporte público pelos residentes locais que pretendiam viajar rapidamente desde a freguesia do Monte até a cidade de Funchal.

Atualmente e desde a muitos anos, os carros de cesto do monte são usados para transportar milhares de turistas todos os anos, que procuram um passeio cheio de emoções, adrenalina e uma experiência inesquecível com vistas esplêndidas sobre a cidade do Funchal.









O passeio começa abaixo dos degraus da Igreja do Monte e é o complemento ideal para a subida ao Monte por teleférico. Monte em si é um local bem conhecido pela sua beleza, os seus exuberantes e belos jardins e pela esplêndidas vistas sobre a baia.

Esta pequena freguesia situada no mais alto da cidade do Funchal, mais precisamente a 6 km do centro da capital, foi anteriormente uma estância para o tratamento da saúde devido às suas qualidades climatéricas terapêuticas.

Monte, conhecida como a freguesia dos carros de cesto, é uma das zonas mais distintivas do Funchal, sendo de este modo, uma visita obrigatória para os turistas, não só pela sua história, mas também pela sua vista panorâmica sobre a baía do Funchal.









Os sapatos dos carreiros têm uma sola especial que funciona como travões



Sem comentários:

Publicar um comentário