sábado, 23 de março de 2019

Barrinha de Esmoriz: o passadiço com muito que ver e fazer




É um trilho que abraça a barrinha de Esmoriz, que decalca uma ponte com 40 metros de comprimento que terá existido em meados do século passado, num saudosismo que embeleza e engrandece a paisagem.


Tem piso de madeira, água sempre por perto, duas pequenas pontes, um cais flutuante, e um miradouro com um banco e vista para a barrinha, para as dunas e para o mar. É um dom da natureza que a mão humana decidiu potenciar e valorizar com lugares onde, por vezes, os azuis do céu, do oceano e da lagoa se fundem num só corpo.

Neste percurso circular de oito quilómetros, há acesso direto à praia de Esmoriz, continuidade para Espinho e suas zonas balneares, várias entradas ou saídas dependendo das vontades, ao redor de uma barrinha circundada por canaviais que se vão pintando com as cores das estações do ano. Um passeio com flora e bicharada, que os livros garantem serem raras de encontrar noutros sítios, e um observatório de aves pelo caminho para tentar ver de perto um reino animal habitado por garças-reais ou piscos-de-peito-ruivo. A fuinha dos juncos e o lagostim vermelho também moram neste habitat.






O passadiço tem acesso direto à praia de Esmoriz, a uma zona mais tranquila do areal. Estender a toalha, corpo ao sol, banhos no mar. Haja bom tempo.


Fonte: daqui

Sem comentários:

Publicar um comentário