sábado, 20 de julho de 2019

Descubra algumas das melhores praias da Costa Alentejana


Nos quilómetros de costa que ligam Melides à Zambujeira do Mar, vai encontrar praias para todos os gostos: dos areais desertos, secretos e amigos dos praticantes de naturismo, às praias vigiadas, com bandeira azul, restaurante e perfeitas para levar a família toda a reboque.

Deixamos algumas sugestões.....



 Praia da Galé 

 

 
Apesar de ser vigiada e ter um acesso fácil – e longo – a Praia da Galé não é assim tão conhecida quanto isso. Os frequentadores habituais agradecem e são os mesmos que nunca se cansam de fazer sessões fotográficas com a falésia em tons laranja. A melhor vista é a da escadaria de acesso, que a Condé Nast Traveler americana recentemente imortalizou num bonito postal.

COMO CHEGAR: Na A2 sair para Grândola, apanhar o IP8, seguir as indicações para Melides e apanhar o IC33. Na N261 virar no primeiro cruzamento para Sobreiras Altas/Fontainhas, seguir até ao Parque de Campismo e descer a escadaria.




Praia da Aberta Nova





Para grande infelicidade de quem descobriu Melides há mais de uma década, a Aberta Nova deixou de ser, nos meses de Verão, aquele paraíso vazio e tranquilo. Ainda assim, continua a anos luz de uma Praia da Rocha em época alta. E há que ver o copo meio cheio: tem toldos, zona de chapéus de sol, banheiro, bar de praia e gelados – quem não gosta de um gelado de fim de dia?

COMO CHEGAR: Tudo igual à Galé, mas na N261, vire à direita assim que chegar ao cruzamento com o restaurante Tia Rosa (excelente pato no forno). Depois à esquerda, na seta para a praia.
 
 
 

Praia da Vigia 

 

É de facto uma das últimas praias selvagens da costa alentejana, com um mar transparente e areal a perder de vista.


COMO CHEGAR: Na EN261 (não precisamos de repetir o caminho de Lisboa, pois não?), na direcção sul, de quem vem da Comporta, apanhar a estrada que indica o cemitério e seguir sempre em frente até a duna aparecer à frente. Atravessá-la e desfrutar da descoberta.

JÁ QUE AQUI ESTÁ: O número de carrinhas de caixa aberta à porta de um restaurante, nesta zona do Alentejo, é um bom indicativo para entrar. Pois entre na Quinta do Lourenço e escolha entre a carne especial à moda da casa (com amêijoas e camarão) e as cataplanas de peixe ou de marisco.
 
 

Praia de Melides 

 

 
A oficial, aquela onde tanto se pode banhar em água doce como em salgada, e dotada de um complexo de edifícios que ninguém sabe exactamente para que servem. Fora isso, é uma excelente praia, com vários lugares de estacionamento à porta e um restaurante simpático para petiscar uma cozinha portuguesa mais elaborada, o Flor de Sal by Melides.

COMO CHEGAR: Na EN261, direcção sul, apanhar a estrada de alcatrão que indica Praia de Melides. Aqui não há aventuras, nem margem para enganos.

 

 

Praia da Samouqueira 

 

 
Quem defende que o mais parecido que temos com as cores de um mar dos trópicos em Portugal são as praias da Arrábida é porque nunca espreitou, mesmo do alto da falésia, para a Praia da Samoqueira. A água tem um tom esverdeado, há várias enseadas divididas por formações rochosas e a praia, quando se vai andando para sul, parece não ter fim. Só falta a temperatura dos trópicos na água, mas esta ao menos refresca.

COMO CHEGAR: Fica na M1109, a estrada da costa entre Sines e Porto Covo, e tem um grande parque de estacionamento.

 

 Texto adaptado: daqui

Sem comentários:

Publicar um comentário