domingo, 29 de outubro de 2017

Rocha dos Namorados



Este afloramento natural de granito, em forma de cogumelo, é uma valiosa testemunha da continuidade dos cultos relacionados com a fecundidade ao longo dos tempos.

Adornada de gravuras megalíticas do tipo "covinhas", esta pedra da fertilidade de mais de 2m de altura tem o seu topo coberto por um manto de pequenas pedras soltas, representativas de um antigo rito pagão que se manteve até aos nossos dias.

Segundo arcaica tradição, as raparigas solteiras vão ali na Segunda-Feira de Páscoa para consultar o menir em matéria do seu casamento. Cada pedra atirada ao topo do monumento e que caia representa um ano de espera em relação ao casamento.






 

Este Menir simboliza a fertilidade humana, dado que a sua estrutura se assemelha ao útero feminino.

Assim, devido a esta analogia nasceram as lendas e tradições do monumento, e que ainda hoje são seguidas religiosamente - o que se nota bem, visto que o chapéu encontra-se sempre acogulado de pedras soltas que simbolizam casamentos ou amores felizes.

Reza a lenda, que a Rocha dos namorados era o ponto de encontro de dois jovens apaixonados, cujas famílias se odiavam: O pai da jovem já desconfiado da existência dessa relação segui-a e perguntou-lhe o que estava ali a fazer, muito atrapalhada, a jovem disse-lhe que estava a lançar pedras à Rocha para saber quantos anos ainda teria de esperar para se casar. Convidou o seu pai a fazer o mesmo dado que este era viúvo. Para que o seu amado escapasse à ira do seu pai, a jovem disse-lhe que só daria resultado se ele se colocasse de costas para a Rocha e lançasse as pedras com a mão esquerda, logo a primeira pedra ficou no chapéu da Rocha.

Nesse mesmo ano o senhor casou com uma linda mulher, e a jovem continuou a namorar o jovem atrás da Rocha.

A Rocha foi então baptizada com dois nomes: Rocha dos namorados e Pedra do casar.

Manda a Tradição, que na Segunda-feira de Páscoa, dia em que a população sai para o campo comer o borrego, junto à Rocha dos namorados; as jovens solteiras devem ir à Rocha e de costas, lançar 3 pedras com a mão esquerda:

se cair no “chapéu” a 1ª pedra é porque casa nesse ano.

se cair a 2ª pedra, casa no ano seguinte.

se cair a 3ª pedra casará dentro de 2 anos.

Se não cair nenhuma, terá de esperar pela próxima Segunda-feira de Páscoa.










A Rocha dos namorados situa-se a 6 Kms a NE de Reguengos de Monsaraz, 500 metros além da povoação de São Pedro do Corval, a Norte da estrada que liga esta povoação da vila de Monsaraz.




mapa google







Sem comentários:

Publicar um comentário