sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Espigueiros de Soajo, uma atração única em Arcos de Valdevez






A chamada Eira Comunitária do Soajo tem 24 espigueiros com vista para a serra e montes verdes. Apesar de serem de alturas diferentes, um dos mais antigos é datado de 1782. Desde 1983 que o conjunto de espigueiros do Soajo está classificado como Imóvel de Interesse Público pelo IGESPAR (Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico).

Para que eram usados os espigueiros e porquê esta configuração específica? Os espigueiros eram (e ainda são!) utilizados para secar o milho.

São colocados em sítios estrategicamente mais altos para que os animais não comam o sustento das populações. Para afastar os roedores, que conseguiam trepar, instalaram de forma astuta umas rodas também de pedra.

As paredes dos espigueiros têm pequenos rasgos para o ar circular entre as espigas, que vão ficando empilhadas no interior e, no cimo, têm uma pequena cruz que mostra a devoção das populações e o pedido de proteção divina para os seus cultivos. Ainda hoje alguns destes espigueiros são usados pela comunidade local.



















Como chegar


Do Porto: Siga pela A3 em direcção a Valença. Saia ao Km 78 em direcção aos Arcos de Valdevez, após a portagem siga no IC28, saindo após 15km em direcção a Arcos de Valdevez. À entrada da vila dos Arcos siga as indicações para o Soajo/Mesio/Parque Nacional de Peneda Gerês. Cerca de 3 km depois dos Arcos de Valdevez deve virar à direita em direcção ao Soajo/Mezio. Continue durante 18km ate ao Soajo .

Coordenadas GPS
41°52'25.76"N
08°15'51.33"W



  





Texto adaptado Daqui

Sem comentários:

Publicar um comentário