segunda-feira, 1 de outubro de 2018

A cratera de um antigo vulcão submarino, classificado como reserva natural é um dos maiores atractivos dos Açores...





Situado em frente à povoação de Vila Franca do Campo, a cerca de 1 km da costa, este local é o resultado da cratera de um antigo vulcão submerso, considerando uma das principais atrações turísticos da ilha de São Miguel, especialmente desde que aqui se realizou uma das etapas do Red Bull Cliff Diving – o campeonato mundial de mergulho em penhascos. 





Classificado como Reserva Natural, tem as paredes da sua cratera revestidas por uma vegetação endémica, enquanto no seu interior existe uma piscina natural com uma forma quase perfeitamente circular, que comunica com o mar por uma estreita passagem. Esta abertura é designada por Boquete e está voltada a Norte, isto é na direção da costa da ilha, o que impede a entrada da agitação marítima para o interior. As suas águas cristalinas e a pequena, mas encantadora praia, são excelentes para a prática de natação e mergulho.







Atualmente, os bordos da cratera compreendem dois ilhéus, o ilhéu Pequenino situado na costa nordeste e o Ilhéu Grande que constitui a maior estrutura emergente. Blocos de rocha basáltica dominam as zonas mais influenciadas pela ação da ondulação, tais como o canal de entrada e as várias fissuras através das quais a água sai da cratera, localmente conhecidas por golas.






A sul do Ilhéu erguem-se dois rochedos vulcânicos, curiosamente corroídos pelo mar e ventos, que servem de abrigo às muitas aves marinhas que visitam o ilhéu, tais como cagarros, garajaus entre outros.










Nos meses de junho a setembro, desde o cais de Tagarete, existe um serviço regular de barco que liga Vila Franca do Campo e o ilhéu. Após uma pequena e agradável viagem pelas límpidas águas do Oceano Atlântico desembarcamos nesta pequena ilha, onde rapidamente percebemos o quão pequeninos somos perante aquilo que a mãe natureza nos dá. É realmente um daqueles locais que apenas vendo com os próprios olhos podemos ter noção do quão fantástico é...

 

Sem comentários:

Publicar um comentário