quarta-feira, 22 de maio de 2019

Cigarra em extinção já só existe no Alentejo





De todas as cigarras, esta é a mais ameaçada em Portugal e só existe em três locais do Alentejo.

Com o nome Euryphara contentei - o primeiro espécimen registado foi encontrado em Ferreira do Alentejo, em 1978.

Em Portugal, existem 13 espécies diferentes de cigarra e esta – conhecida também por cigarrinha ou cigarrinha-verde – é que corre mais perigo de desaparecer, existe somente em zonas do Alentejo: Estremoz e Sousel, em Beringel, e no concelho de Ferreira do Alentejo. as: "Esta cigarra tem distribuição ibérica, mas está à beira da extinção em Portugal."

José Alberto Quartau - investigador do Ce3c (Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) -estuda esta cigarra desde o final da década de 80 e defende a criação de microrreservas para proteção desta espécie em extinção.



Fonte: https://tribunaalentejo

Sem comentários:

Publicar um comentário