terça-feira, 18 de junho de 2019

Praia da Ursa.... um paraíso quase deserto considerado pelo Guia Michelin uma das praias mais bonitas do mundo.



 A praia da Ursa, situada no Parque Natural de Sintra, é acessível a partir da N 247, no sentido do Cabo da Roca, a ponta mais ocidental do continente europeu.
O estacionamento pode fazer-se no terreno junto à placa que indica "URSA", ou mais à frente para quem possuir veículo TT.
A descida até à praia é longa e um pouco difícil, mas recompensada pela beleza natural deslumbrante e selvagem da «Ursa».
É um autêntico paraíso, considerado inclusive pelo Guia Michelin uma das praias mais bonitas do mundo.
A Praia da Ursa é a mais ocidental da Europa e é um local selvagem de rara beleza, fruto de milhões de anos de erosão provocada pela força do oceano atlântico.







 Escarpas pontiagudas entre falésias, cascatas, um pequeno areal e inúmeras rochas trazidas pelo mar fornecem um manancial quase inesgotável de imagens arrebatadoras.
A praia deve o seu nome à pedra enorme em forma de ursa, lado a lado com outra formação rochosa de nome Gigante.
Com cerca de 50 metros de extensão, esta é uma praia muito bonita, mas que fica com pouco espaço na maré alta.
Durante a maré baixa, é possível explorar as enseadas da Palaia, a Sul, frequentadas por apanhadores de percebes e, a norte, o Pesqueiro do Abrigo.
Devido às dificuldades de acesso, esta praia é muito procurada por nudistas. A caminhada não é fácil, sobretudo no regresso, mas vale bem a pena o esforço.




 Para baixo, a caminhada pode levar 10 a 15 minutos.Um pouco mais, para quem não tem experiência. O melhor acesso é o trilho de terra batida na zona Sul proveniente da Estrada do Cabo da Roca. A descida da falésia encerra uma dificuldade elevada, aconselhada apenas a caminhantes experientes.
Não é aconselhável ir em dias de chuva, é um terreno íngreme, com zonas arenosas e outras escorregadias, enfim, muito irregular e propenso a escorregar.






Sem comentários:

Publicar um comentário